Em formação

Identificando uma aranha muito semelhante a um recluso marrom


Tirei esta foto esta noite quando vi o que pensei ser uma reclusa de Loxosceles ou reclusa castanha. Mas quando olhei mais de perto, o padrão típico na parte de trás de seu cefalotórax parece estar de cabeça para baixo! Tentei comparar com muitas fotos e não consegui identificar esta. Além disso, seu abdômen é meio esverdeado aveludado. Alguém poderia ajudar a identificar esta aranha, por favor? Última precisão: o tamanho do corpo (excluindo as pernas) é cerca de 1cm. Obrigado pessoal! Foto tirada em 24 de junho de 2018 por volta das 22h em Toronto, South Ontario, Canadá. PS: Mesmo se uma de suas pernas estiver totalmente faltando, ele ainda estava correndo muito rapidamente ...


Eu acho que este é um belo Cheiracanthium inclusum macho, a familiar "aranha de saco amarelo" (edição ao ar livre). O abdômen é o que você esperaria, o primeiro par de pernas muito comprido, os olhos óbvios na frente da cabeça (dois do meio da fileira superior). Eu me sentiria mais confortável se pudesse ver o "rosto" muito escuro de sempre e as quelíceras, mas o ângulo da foto é tal que pode estar apenas escondido. O padrão da carapaça parece interessante, mas pode muito bem ser que o flash da foto esteja nos dando uma aparência diferente.

Aqui está o link para a página do Guia de Bug, com uma foto representativa de um homem semelhante:

https://bugguide.net/node/view/80427


Identificando uma aranha muito semelhante a um recluso marrom - Biologia

postado em 12/04/2020 6:03:37 PST por Texugo vermelho

Uma minúscula espécie de aranha invasora marrom que está rastejando pelo Reino Unido tem uma reputação perigosa de dissolver carne, que muitos especialistas argumentam que não é merecida.

Existem agora evidências convincentes que sugerem que as histórias da falsa aranha viúva (Steatoda nobilis) causando infecções de pele horríveis têm pelo menos alguma base em fatos.

A falsa viúva chamou o Reino Unido de seu lar desde que foi localizado em suas costas na década de 1870, provavelmente tendo pegado uma carona na Madeira e nas Ilhas Canárias, na costa africana.

Nas últimas décadas, seu alcance foi ampliado para chegar até a Irlanda. Como ele adora um lar acolhedor tanto quanto nós, os encontros com o migrante de oito pernas só aumentaram, pois mais pessoas foram forçadas a ficar em casa em 2020.

Infelizmente, nem todas as reuniões são amigáveis.

"Cerca de 10 espécies de aranhas comuns no noroeste da Europa têm presas fortes o suficiente para perfurar a pele humana e liberar veneno, mas apenas uma delas, a recente invasora aranha falsa viúva nobre, é considerada de importância médica", disse John Dunbar, zoólogo da National University of Ireland (NUI) Galway.

Na maioria dos casos, o pior que você pode esperar de uma picada de aranha viúva falsa são algumas horas de dor no local da injeção e talvez um ou dois dias de articulações rígidas. Não é pior do que uma picada de vespa, na verdade.

Não é com o veneno que precisamos nos preocupar - é o risco representado por bactérias encontradas em suas presas.

De vez em quando, uma história chega às manchetes do Reino Unido sobre uma picada de aracnídeo que deixa as vítimas com algo muito pior do que um dedo latejante. Mãos inchadas, buracos de pus apodrecendo, ameaças de amputação ou até mesmo mortes forneceram um grande combustível para o pesadelo.

Embora a identificação formal nem sempre seja possível, a falsa viúva normalmente assume a culpa de qualquer maneira.

Os especialistas, compreensivelmente, vieram em defesa da aranha, argumentando que, mesmo que ela seja culpada de deixar alguns buracos, é a vítima que fornece a bactéria necrosante ao arranhar o local com as unhas sujas.

Evidências concretas em apoio a qualquer uma das explicações são escassas. Assim, a equipe de Dunbar coletou espécimes de falsas viúvas junto com algumas teias de renda (Amaurobius similis) e aranhas domésticas gigantes (Eratigena atrica) de jardins e caminhos e os levou de volta ao laboratório.

Lá os aracnídeos tiveram seus corpos e quelíceras (apêndices por suas partes bucais) esfregados em busca de bactérias, e o veneno coletado das falsas viúvas.

O veneno foi usado para testar sugestões de que o veneno poderia ajudar a manter suas presas estéreis o suficiente para impedi-los de inocular vítimas com uma dose de germes enquanto mordem.

A análise de RNA revelou uma grande variedade de micróbios presentes nas aranhas. Quase uma dúzia de gêneros foram identificados no total, de 22 espécies bacterianas encontradas em falsas viúvas, 12 eram potencialmente patogênicas para humanos.

"Nosso estudo demonstra que as aranhas não são apenas venenosas, mas também portadoras de bactérias perigosas capazes de produzir infecções graves", disse o microbiologista NUI Galway, Neyaz Khan.

Não estamos falando exatamente de monstros que espalham a peste aqui, com a maioria dos micróbios de uma variedade que você encontraria em qualquer lugar (muitos incluindo nossos próprios corpos).

Houve, no entanto, um punhado que demonstrou graus preocupantes de resistência aos antibióticos - é aí que surgem as verdadeiras preocupações.

"A maior ameaça é que algumas dessas bactérias são resistentes a vários medicamentos, o que as torna particularmente difíceis de tratar com medicamentos regulares", disse Khan.

Graças em parte ao nosso uso excessivo de antibióticos na medicina e na manutenção da saúde do gado, as 'superbactérias' resistentes aos medicamentos são uma ameaça emergente que precisamos levar a sério.

A boa notícia é que todos os micróbios podem ser tratados com ciprofloxacina, um antibiótico comum. Por enquanto, pelo menos.

Saber que a picada de uma aranha pode transferir superbactérias não deve nos fazer temer as aranhas - afinal, é um risco que enfrentamos cada vez mais em muitas facetas da vida. Além disso, as chances de uma mordida para a grande maioria das pessoas são pequenas, quanto mais de desenvolver uma infecção mortal.

Mas compreender o potencial de infecção resistente a medicamentos, mesmo por meio de alguns furos minúsculos, pode ajudar a salvar vidas.

“Isso é algo que os profissionais de saúde devem considerar a partir de agora”, diz Khan.

Esta pesquisa foi publicada na Scientific Reports.

TÓPICOS: Jardinagem Saúde / História da Medicina Animais de estimação / Animais
PALAVRAS-CHAVE: Navegação: use os links abaixo para ver mais comentários.
primeiro 1-20, 21-30 próximo último


Southern House Spider

A aranha doméstica do sul é mais comum em toda a Flórida, mas também pode ser encontrada com frequência em outros estados do sudeste dos EUA. Por causa de sua cor e formas gerais, os machos costumam ser confundidos com aranhas reclusas marrons. Essas aranhas não são conhecidas por serem perigosas, mas sua picada pode causar dor por alguns dias. Suas teias podem ser encontradas nos cantos de beirais, peitoris e venezianas.


Fatos e informações sobre a aranha marrom reclusa

Qual a aparência de uma aranha marrom reclusa?
Marcação: A característica mais reveladora das aranhas reclusas marrons é a presença de uma marca escura em forma de violino no dorso do cefalotórax marrom-claro ou marrom-amarelado do aracnídeo. O pescoço deste padrão distinto de violino é direcionado para o abdômen. Devido a essa marcação, os reclusos marrons também são comumente conhecidos como aranhas de violino. As aranhas reclusas marrons bebês não têm essa marca distintiva. Ele se desenvolve à medida que as aranhas chegam à idade adulta. Para identificar positivamente uma aranha como reclusa, os olhos e a marcação do violino devem ser vistos, uma vez que outras aranhas podem possuir apenas uma ou outra característica.


Aranha Reclusa Marrom

Como consegui aranhas marrons reclusas?

Como muitas aranhas, a aranha reclusa marrom gosta de ficar isolada em cantos escuros de lugares que raramente são perturbados ou limpos. Locais internos, como vazios entre e sob os armários da cozinha, áreas de armazenamento e porões dentro das casas podem fornecer muitas áreas para essas pragas se esconderem. Do lado de fora, essas aranhas podem habitar galpões, celeiros e garagens e podem, sem saber, ser trazidas para dentro de uma casa ao mover itens armazenados para dentro. A abundância de insetos presas pode atrair uma aranha reclusa marrom para dentro da casa, bem como fornecer uma fonte sustentável de alimento caso ela entre em uma casa.

Quão sérias são as aranhas marrons reclusas?

As pragas colocam até cinco sacos de ovos com até cinquenta ovos em cada. Isso pode aumentar rapidamente uma infestação. Embora normalmente evitem atacar humanos, as aranhas reclusas marrons morderão se provocadas. Isso geralmente ocorre quando as pessoas pisam nas pragas ou rolam sobre elas enquanto dormem. Picadas podem resultar em lesões, náuseas e febre.

Como você se livra deles?

O Orkin Man ™ é treinado para ajudar a controlar as aranhas reclusas marrons. Como cada prédio ou casa é único, seu técnico da Orkin criará um programa especial para sua situação.

Manter as aranhas fora de casas e edifícios é um processo contínuo, não um tratamento único. A.I.M. exclusivo da Orkin A solução é um ciclo contínuo de três etapas críticas - Avaliar, Implementar e Monitorar.

O Orkin Man ™ pode fornecer a solução certa para manter as aranhas em seus lugares. fora de sua casa ou empresa.

Sinais de uma infestação por aranha marrom reclusa

O sinal mais provável de contemplativos são avistamentos da aranha.

Comportamento, dieta e hábitos

As aranhas reclusas marrons habitam muitos dos mesmos lugares escuros e protegidos que as viúvas negras. Eles podem ser encontrados em casas, celeiros e porões. As teias tendem a parecer desorganizadas e são construídas mais comumente perto do nível do solo. A aranha é uma caçadora, então a teia não tem o objetivo de pegar uma presa, mas sim vagar em busca de uma presa. O recluso marrom é encontrado na parte centro-sul dos EUA, do Texas até a maior parte do oeste da Flórida.

As aranhas marrons reclusas são tímidas e raramente picam, a menos que sejam provocadas. As mordidas geralmente passam despercebidas até que os efeitos se manifestem algumas horas depois. A maioria das picadas fica vermelha e desaparece, mas em casos incomuns pode ocorrer necrose ou dano ao tecido. Um profissional médico deve ser consultado se houver preocupações médicas.

Mais Informações

Embora o mito urbano afirme que eles são encontrados em todos os EUA, estudos têm mostrado o contrário. As aranhas reclusas marrons são endêmicas apenas no sul e no meio-oeste dos Estados Unidos. A realocação do recluso marrom pode ocorrer em caixas ou itens movidos de sua área nativa. Geralmente são eventos isolados e não resultam na infestação de uma área inteira.

Muitas condições são erroneamente diagnosticadas como picadas de aranha reclusa marrom, incluindo a doença de Lyme, úlceras diabéticas, reações a medicamentos e infecções bacterianas.

Devido à desinformação e ao medo, muitas pessoas identificam as aranhas inofensivas como reclusos marrons. Eles também são chamados de aranhas de fiddleback devido a uma marca distinta no tórax, que se assemelha a um violino. Os reclusos marrons têm pernas e abdomens de cores uniformes, portanto, qualquer aranha que exiba variações de cores distintas e padrões nas pernas ou no abdômen não é um recluso marrom.


Como identificar a falsa viúva negra

Os filhotes de aranha costumam ser difíceis de distinguir de outras espécies de aranhas. A maioria das aranhas viúvas adultas tem uma coloração preta brilhante, uma ampulheta vermelha ou laranja, ou marcas semelhantes na parte inferior. Eles têm o tamanho aproximado de uma moeda de 12 dólares e uma teia de formato irregular.

Aranhas viúvas machos

Para complicar ainda mais as coisas, os adultos viúvas do sexo masculino são menores do que as mulheres adultas típicas. Os machos podem ter traços avermelhados e esbranquiçados na parte superior, não na parte inferior do abdômen, com formas que incluem listras ou manchas, bem como uma ampulheta.

Espécies de viúva negra

Os especialistas em insetos classificam as verdadeiras viúvas no gênero Latrodectus. As verdadeiras aranhas viúva negra encontradas em todos os Estados Unidos incluem a viúva negra do sul (Latrodectus mactans) a viúva negra do norte (Latrodectus variolus) e a viúva negra ocidental (Latrodectus Hesperus).

Aranhas que parecem viúvas negras, mas não são

As viúvas marrons imaturas e as viúvas negras ocidentais se parecem muito quando são jovens. As mulheres viúvas marrons adultas têm uma marca de ampulheta avermelhada na parte inferior do abdômen, mas geralmente são mais de uma cor castanha ou marrom escuro do que preta.

No entanto, essa distinção de cores nem sempre é fácil de ver. Uma viúva negra com uma marca de ampulheta exibirá a forma de forma proeminente, enquanto as viúvas marrons terão uma marca menos distinta e mais opaca. Além disso, as mordidas da viúva marrom são menos dolorosas do que a da viúva negra ocidental.

Viúva vermelha (Bispo Latrodectus)

As fêmeas adultas da viúva vermelha são laranja-avermelhadas, com patas avermelhadas e abdômen preto ou escuro. A parte superior do abdômen geralmente tem fileiras de manchas vermelhas ou laranja contornadas em branco ou amarelo. As fêmeas não têm uma forma de ampulheta completa na parte inferior do abdômen. Em vez disso, eles geralmente têm uma ou duas pequenas marcas vermelhas que parecem um tanto triangulares.

Falsas Viúvas Negras (Steatoda grossa)

Esta aranha não tem a marca de ampulheta vermelha e é uma aranha de cor marrom chocolate brilhante. Ela compartilha a mesma forma corporal de abdômen arredondado e traços de fabricação de teia que as verdadeiras aranhas viúva negra. No entanto, esta aranha é ligeiramente menor do que uma aranha viúva negra ocidental madura. As falsas viúvas negras podem morder se forem apanhadas ou tocadas de outra forma, mas sua mordida é rara e não é considerada uma aranha importante do ponto de vista médico.

Nobre Falsa Viúva Aranha (Steatoda nobilis)

Esta aranha é um tanto rara nos Estados Unidos, mas é encontrada na Califórnia. A fêmea adulta tem um abdômen em forma de bulbo, muito parecido com as aranhas viúvas. Mas o abdômen é marrom e tem marcas de cor creme semelhantes ao formato de um crânio. As mordidas são muito raras. Os sintomas são leves e desconforto devido principalmente às presas grandes das pragas.

As aranhas domésticas adultas, também conhecidas como aranha tecelão de funil de celeiro, são marrom-avermelhadas e têm abdômen sardento e pálido. Seus corpos não possuem a marcação de ampulheta, variam do marrom acinzentado ao marrom escuro e possuem duas listras de cor escura no cefalotórax.

A aranha doméstica preta é uma aranha de cor escura, mais volumosa e estranha na aparência do que as aranhas viúvas. Tanto os machos quanto as fêmeas têm pernas marrom-escuras e abdômen cinza com manchas claras na parte superior do corpo. Essas aranhas podem morder se forem perturbadas, mas não são agressivas. Eles geralmente tentam escapar em vez de morder.


Controle de aranha e # 8211 Pointe Pest

Apesar do fato de que as aranhas são benéficas para manter muitos insetos e pragas afastados, o controle de aranhas caseiras pode ser necessário por uma série de razões. Primeiro, ele o ajudará a evitar que teias apareçam dentro e ao redor de sua casa. O controle de aranha também ajudará a proteger sua família de aranhas cujas picadas podem ser perigosas, como a viúva negra e o recluso marrom.

Você sabe distinguir as aranhas inofensivas das perigosas? Quais aranhas você pode carregar para fora e quais devem levá-lo a solicitar o controle de pragas? As empresas de controle de pragas têm treinamento para distinguir os potencialmente perigosos daqueles que não são. Às vezes é difícil dizer, especialmente quando espécies muito diferentes podem ser extremamente semelhantes.

Aranhas marrons reclusas

Você provavelmente já ouviu falar da aranha reclusa marrom, uma espécie perigosa cuja picada pode resultar em lesões de pele em humanos. Mordidas castanhas reclusas são graves e requerem atenção médica imediata. As aranhas reclusas constroem teias irregulares que frequentemente incluem um abrigo que consiste em fios desordenados. Essas aranhas freqüentemente constroem suas teias em pilhas de lenha e galpões, armários, camas, garagens, porões e outros lugares que são secos e geralmente intactos. Essas aranhas podem se espremer em espaços apertados e muitas vezes estão perto ou em uma casa. Normalmente do tamanho de um quarto, as aranhas reclusas marrons variam do bronzeado ao marrom escuro, com o abdômen e as pernas uniformemente coloridos. Uma das melhores maneiras de identificar essas aranhas é pelo padrão dos olhos, que é um arranjo semicircular de seis olhos em três grupos de dois, em oposição aos oito olhos da maioria das outras aranhas. Se você vir uma aranha marrom reclusa, entre em contato com a empresa de controle de pragas profissional local.

Viúva negra

A viúva negra e a viúva negra ocidental também são venenosas e comuns na América do Norte. Eles são caracterizados por uma forma corporal semelhante e hábitos reclusos. Ambos são pretos brilhantes com uma forma de ampulheta vermelha ou marcas sob o abdômen. As viúvas negras são tímidas, preferindo construir suas teias em um local seco e protegido, onde suas presas possam viajar. Ao ar livre, eles podem ser encontrados entre rochas e pilhas de madeira, sob conveses, em tocos ocos, tocas de roedores, sob bancos, etc. Eles preferem porões, espaços de rastreamento e garagens em estruturas, bem como outras áreas protegidas. As aranhas viúvas negras não são tão comuns em casas quanto os reclusos marrons, mas quando são encontradas dentro de casa, geralmente são encontradas em garagens e sob eletrodomésticos ou móveis pesados, e não ao ar livre. As viúvas-negras são geralmente tímidas e só picam quando ficam presas na pele. Tanto em contemplativos pardos como em viúvas negras, as mordidas são muito graves e requerem atenção médica imediata.

Nossa Garantia

Na Pointe Pest Control, sua principal empresa de controle de pragas na Pensilvânia, Nova Jersey e Delaware.

Nosso serviço é respaldado pela melhor garantia do mercado. Se não fornecermos um serviço que atenda ao seu nível de satisfação, retornaremos prontamente gratuitamente até que você esteja satisfeito. Se o problema persistir, reembolsaremos o último pagamento do serviço.


Controle de aranha em Cache Valley, UT

Apesar do fato de que as aranhas são benéficas para manter muitos insetos e pragas afastados, o controle de aranhas caseiras pode ser necessário por uma série de razões. Primeiro, ele o ajudará a evitar que teias apareçam dentro e ao redor de sua casa. O controle de aranha também ajudará a proteger sua família de aranhas cujas picadas podem ser perigosas, como a viúva negra e o recluso marrom.

Você sabe distinguir as aranhas inofensivas das perigosas? Quais aranhas você pode carregar para fora e quais devem levá-lo a solicitar o controle de pragas? As empresas de controle de pragas têm treinamento para distinguir os potencialmente perigosos daqueles que não são. Às vezes é difícil dizer, especialmente quando espécies muito diferentes podem ser extremamente semelhantes.

Aranhas marrons reclusas

Você provavelmente já ouviu falar da aranha reclusa marrom, uma espécie perigosa cuja picada pode resultar em lesões de pele em humanos. Mordidas castanhas reclusas são graves e requerem atenção médica imediata. As aranhas reclusas constroem teias irregulares que frequentemente incluem um abrigo composto por fios desordenados. Essas aranhas freqüentemente constroem suas teias em pilhas de lenha e galpões, armários, camas, garagens, porões e outros lugares que são secos e geralmente intactos. Essas aranhas podem se espremer em espaços apertados e muitas vezes estão perto ou em uma casa. Normalmente do tamanho de um quarto, as aranhas reclusas marrons variam do castanho ao marrom escuro, com o abdômen e as pernas uniformemente coloridos. Uma das melhores maneiras de identificar essas aranhas é pelo padrão dos olhos, que é um arranjo semicircular de seis olhos em três grupos de dois, em oposição aos oito olhos da maioria das outras aranhas. Se você vir uma aranha marrom reclusa, entre em contato com a empresa de controle de pragas profissional local.

Viúva negra

A viúva negra e a viúva negra ocidental também são venenosas e comuns na América do Norte. Eles são caracterizados por uma forma corporal semelhante e hábitos de reclusão. Ambos são pretos brilhantes com uma forma de ampulheta vermelha ou marcas sob o abdômen. As viúvas negras são tímidas, preferindo construir suas teias em um local seco e protegido, onde suas presas possam viajar. Ao ar livre, eles podem ser encontrados entre rochas e pilhas de madeira, sob conveses, em tocos ocos, tocas de roedores, sob bancos, etc. Eles preferem porões, espaços de rastreamento e garagens em estruturas, bem como outras áreas protegidas. As aranhas viúvas negras não são tão comuns nas casas quanto os reclusos marrons, mas quando são encontradas dentro de casa, geralmente são encontradas em garagens e sob eletrodomésticos ou móveis pesados, e não ao ar livre. As viúvas-negras são geralmente tímidas e só picam quando ficam presas na pele. Tanto em contemplativos pardos como em viúvas negras, as picadas são muito graves e requerem atenção médica imediata.

Nossa Garantia

Na Elevate Pest Control, sua principal empresa de controle de pragas em Cache Valley, atendemos clientes em Smithfield, Logan, Providence, Wellsville, Tremonton, Brigham City e áreas vizinhas.

Nosso serviço é respaldado pela melhor garantia do mercado. Se não fornecermos um serviço que atenda ao seu nível de satisfação, retornaremos imediatamente e de graça até que você esteja satisfeito. Se o problema persistir, reembolsaremos o último pagamento do serviço.


Hobo spider vs Giant house spider. Ajude-me a aprender a diferença? Fotos e vídeo da aranha que encontrei.

Encontrei uma aranha, gostaria de ajuda para identificar ou confirmar minha identificação. Estou tentando aprender o máximo que posso e gostaria de saber. Tenho meus fatos corretos e, se o fizer, talvez ajude algumas pessoas.

Eu moro em WA (cerca de 20 milhas ao norte de Seattle). Como a maioria das pessoas, provavelmente, tenho muita dificuldade em distinguir entre Eratigena agrestis (Hobo Spider) e Eratigena atrica (Aranha doméstica gigante). Ambos são comuns em WA ao que parece. Eu encontrei esse cara na minha garagem em um candeeiro enquanto limpava. Portanto, tenho algumas coisas que desejo que os especialistas em aranhas possam me ajudar. Eu tenho alguns vídeos dele e algumas capturas de tela dele. Sei que pode ser mais difícil para você verificar, já que consegui encará-lo pessoalmente por uma hora. Peço desculpas antecipadamente pelos vídeos borrados, meu telefone está sem remédios e tem dificuldade de se concentrar.

Eu acredito que seja uma aranha doméstica gigante. Pelo menos, eu estava confiante o suficiente de que era um para deixar rastejar na minha mão. O que pode ter sido idiota se for um vagabundo, mas gosto de lidar com delicadeza com aqueles que me identifico positivamente a) praticar como e b) eles são simplesmente legais.

Vídeo ao ar livre eu conheço. é vertical, mas foi a maneira mais fácil de segurar o telefone + a lanterna

Aqui estão as razões pelas quais acredito que seja uma aranha doméstica gigante:

O tamanho - parece ser a maior oferta. O comprimento da perna e o tamanho geral parecem corretos para uma aranha doméstica gigante e parece ser maior do que um Hobo jamais cresceria. No entanto, gostaria de saber a diferença entre um pequena Aranha gigante e um Hobo normal.

Os palpos se aproximam de uma bola e têm uma ponta pequena e longa na ponta. Eu acredito que as aranhas Hobo machos simplesmente têm a bola na ponta dos palpos, sem ponta. EDIT: u / trickycrayon imagens vinculadas nos comentários abaixo de que as aranhas Hobo têm palpos pontiagudos, mas não tão pronunciados quanto o GHS.

O esterno - pode ser difícil dizer no vídeo, mas acredito que há pontos muito fracos que um Hobo não teria. No mínimo, parece estar faltando a faixa & quotbright & quot no meio

A colorização foi muito próxima, e o guia disse que é muito imprecisa para realmente determinar espécies. No entanto, as bandas no Cefalotórax parecem ser distintas em contraste (mas ainda quebradas e não uma linha sólida), o que torna realmente difícil dizer de qualquer maneira. As imagens do Google pareciam absolutamente terríveis para tentar identificá-lo. As pesquisas por cada aranha pareciam ter resultados quase idênticos com padrões / marcados e cores que eram bastante confusas.

Mais sobre a colorização. Parece ter mais alguns pontos negros distintos em direção ao abdômen, que eu achei que não eram característicos de uma aranha Hobo. Achei que eles tendem a ser mais uniformes com o padrão & quotV & quot como Este

O comportamento - Não era agressivo de forma alguma e quando não estava tentando fugir apenas fiquei meio frio e rastejando. Isso pode ser um mito do medo geral, mas as aranhas Hobo são normalmente mais agressivas?

Além disso, não acredito que as aranhas vagabundas sejam tão venenosas quanto o google-fu diz. Acho que a fonte mais confiável que vi disse que suas mordidas foram grosseiramente consideradas perigosas (ainda não é divertido, mas não terá grandes manchas de pele descascando)

A localização - fiquei com a impressão de que as aranhas Hobo são realmente raras de se encontrar dentro de casa, mas não impossíveis em ambientes do tipo garagem.

Por último, tentei encontrar um novo lar para ele perto de algumas estruturas rochosas que parecem um bom habitat. Havia muitas estruturas rochosas e outros grandes esconderijos para uma teia de funil naquela área geral. (A namorada não o deixava continuar morando na casa).


Aranhas comuns na Flórida e na Geórgia

Com mais de 45.000 espécies de aranhas na Terra, muitas são raras e localizadas em ambientes altamente específicos. A maioria das aranhas é inofensiva para os humanos, porém as aranhas mais notórias são aquelas cuja picada pode causar doenças em humanos, a viúva negra e o recluso marrom. As outras aranhas com as quais estamos naturalmente mais familiarizados são aquelas que tendem a entrar em casa e se plantar no canto mais alto da sala.

Aranha doméstica comum

A aranha da casa comum, Achaearanea tepidariorum, é a aranha com maior probabilidade de ser encontrada dentro e fora de sua casa ou empresa. A aranha doméstica comum cria teias para capturar a presa, e se a teia não der comida, ela é abandonada e outra teia é criada. É essa confusão emaranhada de teias abandonadas que fica sob nossa pele. A aranha comum costuma ser encontrada em áreas onde as correntes de ar podem trazer um bufê de insetos. Eles são comuns em galpões, garagens, celeiros e depósitos. No interior, eles podem ser encontrados em cantos superiores, armários, porões e espaços de rastreamento, e nos ângulos das molduras das janelas. A Aranha da Casa Comum constrói teias tanto no interior como no exterior dos edifícios. Curiosamente, a aranha doméstica comum não é tão comum na natureza. Parece preferir viver próximo aos humanos, em nossos prédios, pontes e bueiros.

A fêmea da aranha doméstica tem geralmente entre 4-8 mm de comprimento, enquanto o macho geralmente tem 4 mm de comprimento. A fêmea da aranha comum vive por cerca de 1 ano e pode produzir cerca de 4.000 ovos em sua vida. A aranha comum não é considerada perigosa para os humanos, apenas um único incidente de reação alérgica grave a uma mordida foi documentado.

Southern House Spider

A Southern House Spider é o grande aracnídeo de que são feitos os pesadelos. Se você tem tendência à aracnofobia, é provável que essa grande aranha se tenha plantado na sua sala de estar. A Southern House Spider é comum na Flórida, Geórgia, Alabama e outras áreas do sul. A aranha doméstica do sul de ambos os sexos chega a ter cerca de 5 centímetros de diâmetro. Os machos têm pernas mais longas do que as fêmeas e são comumente confundidos com o notório recluso marrom por causa de sua coloração e forma marrom semelhantes. A fêmea do Southern House Spider é cor de carvão e seu corpo é mais redondo e protuberante do que o do homem e ela tem pernas mais curtas.

As aranhas domésticas do sul são às vezes chamadas de aranhas da fenda do sul por causa de sua tendência a se esconder e se aninhar em fendas estreitas. O macho Southern House Spider é o que vemos mais comumente, ele não faz ninhos, em vez disso, ele vagueia em busca de uma companheira e comida. Quando um macho Southern House Spider é abordado, ele tem o hábito enervante de se aproximar firmemente de qualquer coisa em seu caminho. Ele não é agressivo, está quase cego e muitas vezes se finge de morto se se sentir ameaçado. A mordida do Southern House Spider raramente rompe a pele humana.

Aranhas tecelãs

As Aranhas Tecedoras Orb estão na família Araneidae. Existem mais de 3.500 espécies diferentes de aranhas incluídas nesta família. As Aranhas Tecelãs Orbe são mais facilmente reconhecidas pelas teias que criam. A palavra Orb, que significa circular, nos diz que eles criam grandes teias circulares. As teias do Orb Weaver se parecem muito com a decoração estereotipada de teia de aranha circular de Halloween. O círculo é conectado com seda em padrões organizados em forma de grade, como os raios de uma roda. Algumas espécies de aranhas tecelãs orbitam teias de até 3 pés de diâmetro. Os tecelões de orbe podem consertar suas teias, mas algumas espécies consomem a teia assim que decidem começar de novo.

A diversidade observada entre as Aranhas Tecelãs Orbe é impressionante. Os tecelões de orbe raramente são encontrados dentro de casa, ao invés disso na floresta, ao redor de luminárias, entre postes de cerca, galhos de árvores ou arbustos em qualquer lugar onde muitos insetos e estruturas fortes podem ser encontrados. Os tecelões de orbe são noturnos, criando suas intrincadas teias à noite. Se você já saiu para o seu carro pela manhã e foi capturado por uma grande teia suspensa sobre a sua varanda, provavelmente foi o trabalho noturno de uma aranha tecedora de orbe. Os tecelões de orbe não são perigosos para os humanos, e muitas pessoas os consideram benéficos, pois podem capturar a mosca antes que ela encontre seu caminho para dentro.

Wolf Spiders

As aranhas-lobo são uma das maiores aranhas da Flórida e da Geórgia, mas não dependem de teias para capturar suas presas. Em vez disso, eles caçam ativamente por insetos para consumir. Eles têm uma visão excelente e às vezes esperam e atacam um inseto que passa, ou podem perseguir ativamente sua refeição. Se estiverem caçando presas ativamente, as aranhas-lobo podem entrar em casa, mas geralmente são encontradas entre a serapilheira e a grama ao ar livre. As aranhas-lobo são bem adaptadas a muitos ambientes diferentes e prosperam tanto em bairros suburbanos quanto em pastagens e campos abertos, vegetação ao longo de cursos de água e áreas arborizadas em qualquer lugar onde haja insetos.

Como as aranhas-lobo são caçadoras ativas, elas sobrevivem dentro de casa. Eles são grandes, com até 5 centímetros de diâmetro, extremamente peludos e podem provocar medo extremo nas pessoas que sofrem de aracnofobia. Eles se movem rapidamente, como um lobo, mas não são considerados uma ameaça para os humanos. Eles morderão se forem ameaçados, mas seu veneno geralmente causa apenas um leve inchaço, vermelhidão e irritação. Eles são marrons e cinza com listras horizontais. Especialmente no caso de uma mordida, eles são frequentemente identificados erroneamente como um recluso marrom.

As aranhas-lobo são únicas na maneira como as fêmeas cuidam de seus ovos e filhotes. A maioria das espécies de aranhas põe ovos e os envolve em um saco que é deixado na teia ou enterrado no solo. A fêmea do Wolf Spider é a única que carrega seus ovos por baixo do corpo. Quando os ovos estão prontos para chocar, ela os ajuda abrindo o saco. Os filhotes de aranha-lobo ficam com a mãe por algumas semanas, pegando carona em suas costas.

Aranhas Caçadoras / Aranhas Banana

A Pantropical Huntsman Spider, comumente chamada de Cane Spider ou Banana Spider, é freqüentemente encontrada no ambiente tropical da Flórida e nas áreas costeiras da Geórgia. Às vezes, são chamadas de aranhas de banana porque são comumente encontradas em remessas de bananas dos trópicos. The Cane Spider é o termo local para essa aranha no Havaí.

As aranhas caçadoras adultas têm uma envergadura de perna variando de 3 a 5 polegadas. São de cor castanha com manchas castanhas. Como a maioria das outras espécies de aranhas desta cor e tamanho, a Pantropical Huntsman Spider é freqüentemente confundida com uma grande Aranha Brown Reclusa. Pode ser distinguido visualmente pelo formato do corpo achatado e manchas pretas nas pernas.

As aranhas caçadoras não fazem teias, em vez disso, atacam rapidamente os insetos peri-domésticos e injetam veneno com suas mandíbulas fortes. O Huntsman Spider está bem adaptado para viver perto de humanos, mas não é tolerante com o frio. Esta espécie tropical tende a entrar em ambientes fechados no inverno, ou pode ser encontrada em estufas e galpões para escapar do frio. Dentro de casa, o Huntsman Spider pode ser encontrado embaixo de móveis ou armários, atrás de quadros ou em armários. Se ameaçado ou preso, o Huntsman Spider vai morder, mas raramente é mais sério do que dor localizada e inchaço.

Aranhas saltadoras

Jumping Spiders, or spiders of the Salticidae family, are the largest family of spiders with over 6,000 species. Some jumping spiders, such as the peacock spider, boast a variety of bright colors and unique patterns. Amongst jumping spiders we see bright fluorescent greens, turquoise, reds, and yellows. Jumping spiders do not build webs, rather they jump on their prey. Named for their jumping abilities, most jumping spiders can jump several times the length of their body. An internal hydraulic pressure system allows for this impressive physical feat. They can change the pressure of the fluid within their bodies, enabling this long jump. Before they jump, many species of jumping spiders tether a filament of silk, so that he can find his way back to his nest after the long jump.

There are 2 species of jumping spiders in Florida, the Gray Wall Jumper and the Pantropical Jumper. Both are medium to large sized spiders, adults ranging from 8-12 mm in length. Jumping spiders are harmless to humans, but if bit by a larger jumping spider, the bite will be locally painful. As these spiders do not make and abandon unsightly webs, rather simply eat mosquitos, flies, roaches, and ants, most people do not consider them a pest.

Brown Widow

Brown widow spiders are a spider species of some concern that is present in the southern United States. Brown widow spiders vary greatly in their colorings, female may be white, grey, dark brown, light brown, or nearly brown. Lighter colored brown widow spiders have clearly defined dark banding around their legs. In darker colored brown widow spiders, a yellowish-orange hourglass shape may be visible as opposed to the bright red marking of the black widow. Brown widow spiders are web builders and may commonly be found in eves of buildings, ledges or wooden fences.

Like all spiders, Brown Widow Spiders are venomous. The male brown widow is not a threat to humans as his fangs are too small to pierce vertebrates’ skin. The female Brown Widow can bite humans and possesses a potent neurotoxin. However, when she bites, the amount of venom injected is less than the Black Widow. In addition, Brown Widow spiders do not defend their webs and almost never bite. In laboratory conditions, when the Brown Widow spider was persistently provoked, she first retreated, then played dead. Despite their powerful venom, Brown Widow Spiders would rather play dead than attack a human. Considering the high numbers of Brown Widow Spiders in some areas, a Brown Widow bite is quite rare.

Black Widow

Black Widow spiders earned their name from the observation that they eat their mate once she has no further use for him. While many species of spiders eat their mates after copulation, the female black widows seem to do it more often in crowded lab conditions than in the wild.

The Southern Black Widow Spider is found all across the southern United States and as far west as Texas. Black Widow spiders are a glossy black and the females have a characteristic bright red hourglass figure on her abdomen. The female Black Widow is typically 3.75 – 5 cm in length, including her legs. The male Black Widow is smaller than the female, and does NOT have the red hourglass figure, however he may have bright red spots on his abdomen.

Outdoor habitats for Black Widow spiders include rock and wood piles, hollowed out tree stumps, and even rodent burrows. Black Widow Spiders are much more likely to bite when disturbed than the Brown Widow Spider. Wear gardening gloves when moving rocks or wood piles. Most spider bites occur because the spider’s environment has been disturbed. Special care should be taken when working in the shed or a barn. Shake out gloves and shoes that have been stored outdoors.

Despite the powerful venom, death from a Black Widow spider in the United States is rare. In fact, a 2011 journal article published in the Permanente Journal, states that there are 3 documented cases of a widow bite causing human death, 2 in Madagascar and 1 instance in Greece. About 2,500 Black Widow Spider bites are self-reported in the United States each year. Treatment protocols involve administering pain killers, muscle relaxants, and wound care management. These treatments are aimed at providing relief from the symptoms, while waiting for the venom to abate. Antivenom is available, but it is sparingly utilized for fear of hypersensitivity.

Brown Recluse

As mentioned above there are many species of spiders prevalent in Florida and Georgia that closely resemble the brown recluse spider. As a result, the brown recluse is often “blamed for” spider bites that he is not guilty of. Often when a spider bites, he is not captured. All the victim of the spider bite can say is, “It was a brown spider.” This leads well-intentioned and cautious doctors to assume that it was a brown recluse spider, and they treat it as such.

Entomologists confirm that brown recluse spiders are not widespread in Florida’s landscape. However, they can stow away and inadvertently travel into the state. Confirmed specimens of brown recluse spiders in Florida have only been found in warehouses, vehicles, storage units, and records retention facilities. A single brown recluse spider bite in Florida has been confirmed via a specimen. It was on a naval ship that had recently arrived in Jacksonville, Florida. These confirmed sightings are all transient in nature there is no evidence that these spiders are established in our homes and yards.

For further information on the dreaded brown recluse spider, we have prepared an article specific to the brown recluse spider. https://ngpest.com/how-to-get-rid-of-brown-recluse-spiders/


Possible "Is it dangerous?" fix suggestion?

[edit: thanks for the info everyone! I've learned a lot from you all today, and now I feel I understand more that hobo spiders are indeed likely not dangerous. Here's hoping that more people learn more about these misunderstood spiders, just as I have. Thanks again!>

I noticed in the sidebar, it says:

If you live in North America, there are only TWO types of spiders with the potential to cause serious harm: Brown recluse (a.k.a. fiddleback) - Loxosceles reclusa Black widow - Latrodectus sp.

I was under the impression that there were three dangerous spiders: Hobo Spiders, Brown Recluse, and Black Widow. Could experts tell me if there is a reason Hobo Spiders are not included?

I am frequently told that Hobo Spider, while similar to a Brown Recluse, they are distinctively different spiders. There is a lot of controversy in the Pacific Northwest in regards to misconceptions of Hobo spiders - they are almost always mistakenly identified as Brown Recluse spiders, even though Brown Recluse are not native to this area.

I feel it would be beneficial if Hobo Spiders were included in the list of dangerous spiders, so as to prevent misconceptions and mistakenly identified Hobo Spiders, and perhaps possible dangerous encounters with Hobo Spiders.

Thanks for reading, here is a source for reference: http://www.cdc.gov/niosh/topics/spiders/ Also, more info on Hobo Spiders: http://www.hobospider.com/info/index.html , in the section "What does their bite look like", it says:

In extreme cases where the bite was not taken care of early, skin graft, amputation, and the possibility of bone marrow failure may occur.

[edit #2: I've left my original question above intact, so that in case others have the same misconception about Hobo Spiders as I did, this thread may be referenced. Thanks again!]

I'm just going to get it all out here, tag this page and refer people to this thread in the future.

There is no scientific evidence to support that hobo spiders are any more dangerous than other spiders, including other species of Tegenaria. This myth only exists in the U.S. The spiders are considered harmless in their native Europe, and in Europe there have been documented bites sem necrosis.

To establish causality, you need evidence that one thing is associated with the other. In this case, "one thing" is the spider bite, and "the other" is necrosis. A spider bite is established when you see/feel a spider biting and catch it in the act, and subsequently identify the species. There was one documented bite in a Spokane woman who had another medical condition that coincidentally is associated with dermonecrotic lesions. That doesn't count. In another incident, they blamed a spider they found on a railroad track beside the victim's house. Por favor. When you get a necrotic lesion, you can't just search the neighborhood and blame the nearest arthropod. This is not how science works. Also, these incidents were some 20 years ago. If anything, the population of hobos has increased and spread since then. If the threat is worth warning people about, you would expect evidence that anyone has been bitten - but there isn't any. Not a single instance.

One study in rabbits found that their venom causes necrosis in rabbits (well, in one species of rabbit but not another species). Rabbit physiology is different from human physiology, and several venoms are known to affect some mammals and not others. Furthermore, in that study, the spiders could not even be provoked to bite. The researchers tried their best to piss off the spiders and get them to bite, and they wouldn't. The researchers ended up extracting the venom and injecting it into the rabbits themselves. Thus, the amount of venom administered in a real bite may not be comparable - if you can even get one to bite.

For the spider to be harmless in Europe, but necrotic in the Pacific Northwest, some theories were proposed:

the separate populations evolved different venoms

they carry different microbes that are responsible for lesions or

arachnophobic Americans were quick to latch onto early erroneous reports and repeated them so much they became common knowledge.

Theories 1 and 2 were debunked by Binford, et al, 2001.

Theory 3 is also supported by the fact that physicians in states/provinces where hobos do not exist attribute necrotic wounds to hobo spiders. Hobos get blamed where hobos do not exist, just like brown recluses get blamed even in Alaska, several thousand miles away from any brown recluse.

For more on this topic see:

Bennett & Vetter, 2004 "Erroneous attribution of dermonecrotic lesions to brown recluse or hobo spider bites in Canada."

Gaver-Wainwright et al., 2011 - study showing hobo venom is not hemolytic and contains no pathogenic bacteria.

Vetter et al., 2003 on the distribution of T. agrestis versus where bites are reported.

A good summary of evidence at Utah extension.

And that, my friends, is why we don't list T. agrestis among the "dangerous" spiders on the sidebar.


Assista o vídeo: Viuva- marrom (Janeiro 2022).